Zé Povinho …

Você sabe quem é “Zé Povinho” ?

Não ?

Então, Zé povinho é uma personagem de crítica social, criada por Rafael Bordalo Pinheiro e adoptada como personificação nacional portuguesa. É também conhecido como João Bítor, grande amante de binho e xixas.

Tem como característica principal o gesto do manguito (como se pode ver na figura abaixo), representando a sua faceta de revolta e insolência. Tornou-se uma figura identificativa do povo português, criticando de uma forma humorística muitos dos problemas sociais e políticos da sociedade portuguesa, e caricaturando o povo português na sua característica de eterna revolta perante o abandono e esquecimento da classe política, embora pouco ou nada fazendo para alterar a situação.

Zé Povinho

Zé Povinho

***

Pelo menos em portugal ele é ídolo. Aqui no Brasil a coisa é um pouco diferente.

Zé Povinho no Brasil tem outro sentido.

É dito Zé Povinho para as pessoas que de boca larga, para as pessoas que falam da vida alheia.

Vou contar um histórinha que traceja bem o termo “zé povinho”.

Sai com dois amigos para tomar umas cervejas e falar asneiras para relaxar um pouco.

Como eu tinha bebido umas à mais e já estava tarde fiquei para dormir na casa do meu amigo que mora mais perto do meu trabalho.

Na casa do meu amigo tem dois sofás, um de dois lugares e um de três.  No sofá maior estava uma amiga nossa dormindo, meu amigo foi acordá-la para que ela fosse para o sofá menor.
Eu pedi para que não fizesse isso porque ela iria trabalhar mais cedo, porém ela acordou, mas não chegou a levantar do sofá. Eu, tolamente, fui brincar com ela, e deitei no sofá junto com ela dizendo que iria dormir lá.
Prontamente ela me deu um empurrão e cai no chão, fui dormir no sofá menor dando risadas, que não duraram muito porque “apaguei” de tanto sono.

Na manhã seguinte ela disse que não gostou na brincadeira e já estava armado um conclave contra mim. Mal tinha acordado e estava a mãe do meu amigo, a irmã dele e a nossa amiga reclamando com a minha brincadeira.

Até ai brincadeira boa ou ruim não deixa de ser brincadeira, pedi desculpas para ela, afinal minha intenção era fazer piada e não chatear ninguém. Minha amiga foi trabalhar e pra mim era o fim do assunto.

Horas depois, estou no trabalho e meu celular toca, era meu outro amigo que tinha saido conosco falando:

“Doido, o Fulano me disse que você encoxou a Fulana e a Fulana ficou puta brava com você, que vai falar para todo mundo que você estava de pau duro excitado e tentou agarrar ela…”

Francamente, foi bom o aviso do meu amigo, mas eu não me lembro de ter estado de pau duro excitado , nem tão pouco com a Fulana que nunca me atraiu em nada, ainda mais por eu ser amigo dela e nunca ter tido qualquer interesse… porém as pessoas falam e distribuem o que houvem.

Isso senhoras e senhores é um exemplo do dizer popular brasileiro para Zé Povinho, é pegar um fato simples e inocente, e acrescentar maldade e estupidez impensada antes de espalhar os boatos. 
Meu amigo, que sabe como as coisas sempre terminam, me avisou do boato antes que perdessem o controle, ainda bem que tenho uma ferramenta como esse blog , para não só explicar algumas coisas, como também para demonstrar para vocês que tornam experiencias em ensinamentos como a vida é.

Então crianças, o que vocês aprenderam hoje ???

[voz em coro infantil] – Não brinque com pessoas que não te conhecem direito.

~ por danielcelha em 04/07/2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: